Marcos Paulo” Soares, filho caçula de Antoniel e Dona Nenzinha, nasceu no dia 11 de junho, em Tupã, interior de São Paulo. Autodidata, aos 5 anos de idade já arranhava suas primeiras notas musicais em um violão e soltava sua voz pela casa, vendo seu pai e seu irmão do meio, fãs da Música Sertaneja, cantarem.

Marcos André Soares “CANDÉ”, filho do meio da Dona Nenzinha e o Sr. Antoniel, nasceu no dia 23 de março e ganhou o apelido carinhoso do irmão mais velho que não conseguia pronunciar aquele nome enorme do irmãozinho que acabara de chegar, O TAL “MARCANDÉ”. Suas primeiras aparições em palco foram na década de 80, ainda com menos de 6 anos de idade, nos famosos Festivais Estudantis, se destacando pela voz forte, aguda e afinadíssima. Estava formada a dupla “Marcos Paulo & Marcos André.

A dupla não só chamava a atenção pelo tamanho e idade, mas também pela afinação e presença de palco.  Marcos Paulo com o violão maior do que ele e Marcos André, pela potencia vocal.

Não demora muito e já estavam competindo como dupla principal em vários Festivais no estado de São Paulo, e de quebra levando pra casa os prêmios de primeiro lugar.

Aos 9 e 10 anos respectivamente, veio o primeiro prêmio como dupla profissional, a tão sonhada gravação do primeiro vinil, pela extinta Copacabana.  Não tinha problema que só gravariam duas faixas em um LP, O SONHO ESTAVA REALIZADO. Ficaram os dois gripados dias antes de irem para a tão sonhada gravação, emoção, ansiedade, que nada, mesmo gripados e roucos, gravaram de primeira. Como diria seu pai, NASCERAM PARA CANTAR.

Com mais de 20 anos de carreira “Marcos Paulo & Candé”, se destaca pela competência, versatilidade, irreverência e bom gosto musical. Sempre fiéis, a grande e boa música sertaneja.

Nasce a mais Nova Estrela da Música Sertaneja.